Páginas

sábado, 6 de fevereiro de 2010

O centro da corrupção

Sol:

Em entrevista à Rádio Renascença, Cravinho considera que «as redes de tráfico de influências são o principal problema do país» e acusa a classe política de não enfrentar o desafio.

«Isso hoje é o grande problema que nós temos pela frente, que é essencialmente um problema político, da classe política, e a classe política em Portugal, hoje, afasta toda e qualquer possibilidade de se considerar sequer o problema», diz.

«Podemos fazer uma experiência, vão agora à Assembleia e ponham as coisas preto no branco, numa linguagem muito simples. Onde está o centro da corrupção grave em Portugal? Eu digo, está no sector político. Perguntem aos líderes políticos e vão ver se eles não assobiam para o ar», afirmou o ex-ministro, numa entrevista que será transmitida este sábado no programa Res Publica.

No processo Face Oculta, o advogado Rodrigo Santiago, do arguido Godinho, já disse que há altas figuras do Estado envolvidas no caso.

Agora, Cravinho repete a mensagem.

Curiosamente, quem serão as tais personagens misteriosas do aparelho de Estado envolvidas nestes "esquemas"?

O Face Oculta permitirá a resposta? E o Freeport? E...? E...?

Então, se isto é assim claro e directo, porque andamos a brincar aos cóbóis, num faz de conta em que respeitamos direitos, liberdades e garantias de bandidos? Quantas escutas serão precisas para se entender o "esquema" destes sacanas sem lei?
E que nos esfolam o couro, cabelo e ainda se preparam para nos esfolar votos, em maiorias para continuaram e sacar o que não lhes pertence?

E ainda por cima gozam com todos, declarando-se publicamente impolutos e inocentes e ainda são capazes de indignação hipócrita, pela violação de segredo de justiça, de cujo aproveitamento foram os primeiros a beneficiar?

4 comentários:

Karocha disse...

O Eng. João Cravinho sabe José.
Só tem que começar a dizer os nomes!

pedro frederico disse...

Bom dia, o SrCravinho até pode saber, mas já manjou na sorvedoura também e já tem umas notas na boca que dificultam o discurso...(digo eu)...quanto ao chefe máximo é sem dúvida a maior dose de autoflagelação que eu conheço no mundo;...que sente o exército de acólitos que diariamente defende esta gente?? olham para os seus filhos e sentem orgulho do roubo permanente e da respectiva defesa?? olham para a pobreza que aumenta e culpam a crise internacional, enquanto varas, sócrates e outros broncos enchem o pandulho resguardados pelas penas caninas...sentem-se gente??
tenho vergonha dessa gente e do meu país, já vejo o fundo...

Tino disse...

Por tudo isto, o maior responsável continua a ser...

Cavaco Silva.

Depôs Santana Lopes com a teoria da Má Moeda Aplicada à Política.

Segurou (se é que não apoiou) O Chefe Máximo da rede, durante 5 anos.

Continua a ser um verbo de encher...

100anos disse...

A sua pergunta ("Quantas escutas serão precisas para se entender o "esquema" destes sacanas sem lei ?") é lapidar.
Parabéns por a ter formulado, José - discordo de si muitas vezes, mas reconheço que V. tem espinha dorsal, coisa que vai faltando ao mais alto nível...