Páginas

terça-feira, 23 de março de 2010

Telefones e trocas

O director do DN, João Marcelino, foi à comissão de inquérito. E disse coisas como esta:

"O Sr. primeiro-ministro já me ligou, quase sempre para me fazer alguma observação. A última vez que ele me ligou foi em Dezembro de 2008, mas à minha volta nunca senti nenhum ambiente de intimidação. Já senti de incomodação, mas nada de grave", contou.

"Eu tenho o telefone do Sr. primeiro-ministro mas nunca o utilizei", confessou.

Marcelino não tem que sentir receio algum. Quem o sentiu foi o director do Sol e a apresentadora do Jornal de Sexta na TVI. E parece que o director do Correio da Manhã também poderia sentir algum receio. E Mário Crespo. E outros anónimos.

Marcelino trocou telefones com José S. e apenas para "observações", esclarecendo que este primeiro-ministro gosta de telefonar para os jornais, por tendência. Mas isso nunca assustou Marcelino.

Outro que não tem receio algum de conversas com José S. é Paulo Baldaia, director na TSF. Confessou à comissão que teve várias conversas com o primeiro-ministro. Trocas de informações sobre conteúdos informativos...

6 comentários:

AMÍLCAR ALHO disse...

Vá-se lá perceber como é que o Marcelino da Bola passou a director de jornal e até a comentador político...
Ele há coisas do catano...

josé disse...

Simplex: para o Marcelino é tudo uma questão de jogadas e tácticas de defesa e contra-ataque. Para ganhar pontos no campeonato.

Fernando Torres disse...

Como podem eles sentir-se intimidados se são TODOS BONS RAPAZES?

goncalo disse...

Só falam do Baldaia, do Marcelino... porque todos vós são da mesma corja. Porque não falam do cabal desmentido do (insuspeito) Nuno Santos ao palhaço do pseudo-jornalista Mário Crespo?

Ah! Isso não interessa... é a verdade a jogar a favor de Sócrates.

GM

josé disse...

Desculpe, gonçalo: que desmentido? Que não houve abordagem ou conversa?

E que não houve intenção de vituperar o Crespo?

Aliás, quem é o Nuno Santos? Algum santo?

goncalo disse...

pois... vocês não ouvem as coisas (porque não vos interessa) e depois falam de cor... só para dizer asneiras...

peça a gravação (na íntegra) de nuno santos (protagonista na cena, que não o palhaço do crespo) e depois falamos.

quand même, quem não tem intenção de vituperar o palhaço?

GM