Páginas

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Insólito


A notícia de primeira página do Correio da Manhã de hoje, destaca um entendimento do presidente do STJ, Noronha de Nascimento, sobre as escutas em que interveio o primeiro-ministro. Se a notícia estiver correcta, há qualquer coisa de aberrante na decisão de Noronha.
Incompreensível e de modo a suscitar escândalo público.

6 comentários:

Flash Gordo disse...

À luz do raciocínio, se Sócrates e Vara tivessem uma conversa sobre o assassinato do Presidente da República, do próprio Noronha do Nascimento ou sobre uma burla, a conversa em escuta pelas autoridades também seria uma conversa privada. O país assiste a actividades subversivas como se nada fosse.

Floribundus disse...

o fascismo segundo noronha

para o pm os mordomias
para os contribuintes as 'merdomias'

Camilo disse...

Evidentemente que são privadas...!
O dinheiro do Sócrates e do Vara, em todos estes "negócios", são deles.
Não são do... poBo, portanto, direi mais:
privadíssimas!!!

Mani Pulite disse...

QUANDO TODOS ELES ACABAREM NA CADEIA AÍ VAI SER PÚBLICO ,AI VAI VAI!

joserui disse...

Com amigos destes, o povo português não precisa de inimigos. Isto vai cair de podre. -- JRF

Camilo disse...

Mani Pulite, na cadeia?!!!
ahahahahahahah!!!