Páginas

domingo, 29 de janeiro de 2012

A Cultura, em Guimarães

Ouvido agora mesmo na RTP2:
Um tal Fernando Alvim, ligado à Guimarães "capital europeia da Cultura", disse, muito contente, no decurso de um espectáculo musical para audiência selectiva ( dois dos presentes também eram do "projecto" e são irmãos, herdeiros dos têxteis Asa, já falidos há muito) e a propósito de um assunto qualquer: " como era aquela frase da Bíblia, se Maomé não vai à montanha, vai a montanha a Maomé?"

Ouvi e pasmei.

5 comentários:

Floribundus disse...

a cul tura foi para 'conserto'.

dizem que o sampaio dos estádios da bola ganha 15 mil por mês.

'contribuinte sofre !'

hajapachorra disse...

Isso é no sptuagésimo nono livro da Bíblia, Assim falavra Zaratustra, escrito por um jesuíta do império romano.
A sério, conheço licenciados e mestres assim. A ex-senhora comissária da capital da cultura, a doutora cristina azevedo é mais ou menos assim, estilo Mário Soares fino, com pedra de armas e tudo.

zazie disse...

ehehehe

Ele há cada um que faz favor- O Maomé Bíblico deve dar direito a grandes expensas públicas.

JC disse...

Devia ser a esta frase que o Nandinho Alvim se queria referir:

"Se a cultura não chegou até nós, vamos nós até à Capital Europeia da Cultura meter uns cobres ao bolso"

josé disse...

Já lá tilintam! E os "cães" a ladrar...essa é que é essa.