Páginas

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

O escândalo avoluma-se

Sol:

O primeiro-ministro Passos Coelho está a acompanhar com atenção as consequências para a imagem da FLAD resultantes da pronúncia da sua presidente executiva pelo crime de prevaricação de titular de cargo político. E recusa manifestar confiança na manutenção no cargo de Maria de Lurdes Rodrigues.

Pelo que já foi escrito pelo Público, citando o despacho de pronúncia, o escândalo da escolha do tal João Pedroso para consultor ministerial, por duas vezes e sem dar conta do recado, ainda vai dar que falar no tribunal. O que já veio a lume é suficiente para se poder afirmar que a senhora já devia ter saído do lugar onde foi colocada pelo então primeiro-ministro. Num acto semelhante ao que a mesma tomou em relação àquele: favorecer um correlegionário e apaniguado.
Em relação ao tal João Pedroso ainda há mais: saber por exemplo como conseguiu duas " avenças " ou contratos semelhantes em hospitais públicos, com sede muito longe do local onde o mesmo tem escritório de advogado. Ninguém lhe perguntou tal coisa, ainda...

6 comentários:

Floribundus disse...

a simpática democrata necessita pagar a casa.
o pedroso anda a tratar da vidinha

Colmeal disse...

Pois... não sei como a Lurdinhas vai conseguir pagar a hipoteca do seu duplex na Av de Roma ... é que "tachos" como este não caem do céu todos os dias !!!

Pode sempre recorrer ao "padrinho" que está em Paris e talvez lhe ensine a viver faustosamente como ele ...

Flash Gordo disse...

Passos já deve ter percebido que a única maneira de resolver os nossos problemas é fazer na FLAD, na PGR, no STJ, no TC e em muitos outros sítios, exactamente o que foi feito no Banco de Portugal: acabar com a constâncianada que por aí anda à solta.

Luis disse...

Está mesmo de ver que aqueles contratos para obra ficticia celebrados com João Pedroso foi a forma de pagar as despesas do irmão deste com o processo em que esteve envolvido. Aquele processo em que o reconhecimento deste arguido não foi considerado legalmente admissivel para ser pronunciado.

Wegie disse...

"...o que foi feito no Banco de Portugal"??? Completamente bêbado!!!O que foi feito no BP???

Lura do Grilo disse...

A ética é mais exigida à Direita que à Esquerda: problemas de visão seguramente alguns, hipocrisia muita.