Páginas

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Os mações bons movimentam-se

Fernando Lima, o representante dos mações bons pagou uma publicidade de página no Diário de Notícias para enaltecer a agremiação secreta. Diz que o seu clube é dos democráticos.
"O grão-mestre do Grande Oriente Lusitano (GOL) - Maçonaria Portuguesa, Fernando Lima, considera que qualquer lei que obrigue os candidatos a lugares públicos a declarar a sua pertença a associações maçónicas é discriminação."
Almeida Santos, um dos Sombras do regime acha que a declaração de transparência é coisa salazarenta. Só lhe faltou dizer que era coisa do fassismo. Manuel Alegre secundou em poema prosódico.

Na Sic-Notícias, agora mesmo, Adelino Maltez diz coisas e loisas. Maltez é um dos que apoia a boa maçonaria e portanto está contra a transparência. Diz que faz parte da sociedade há muito tempo, secundando as palavras do cardeal patriarca, o tal que fuma mas não inala. E o fumo do cardeal também lhe convém...
Maltez que também fuma mas não inala, acabou de proferir uma ignomínia: classificou como criminosa a actuação do mau mação, que dirigia os serviços secretos. Disse que se as coisas forem como os jornais dizem- Ah! Então...isso- e lança a ignomínia. Devia ter um pouco mais de contenção porque na tv há muitos ignorantes a ouvir e tanto quanto se sabe até agora ( corre um inquérito) não há qualquer crime imputável ao dito mação mau. Insinuar o contrário é grave e equivale a inalar o inadmissível.

Maltez acha que a declaração dos maçons no sentido da pertença à agremiação é assunto complicado por causa da declaração universal dos direitos do Homem. O problema para todos os que fumam e não inalam é recusarem o entendimento de uma coisa muito simples: a transparência democrática não prejudica a maçonaria. Ou prejudica? E porquê? Não se trata de proibir a "viúva" de continuar a ser alegre. Trata-se apenas de inventar um modo de a viúva não contribuir para uma democracia anquilosada e secreta em que alguns representantes do povo afinal são escolhidos pela viúva em vez de o serem pela família alargada e democrática. É muito simples de entender para quem quiser.
Estes fumadores não inaladores, no entanto, mostram muita dificuldade nesse entendimento. Razões haverá e algumas serão mesmo secretas.

14 comentários:

lusitânea disse...

Para os da viúva alegre(bem apanhada)mercê dos mandamentos do supremo arquitecto, "povo" é o "mundo", logo a colossal "colonização" depois da dita "descolonização"
E que ninguém fale em traição...

António Bettencourt disse...

"Mário Soares, que falava em Vila do Conde, à margem das comemorações dos 22 anos da Escola de Estudos Industriais e de Gestão (ESEIG), admitiu que já pertenceu à maçonaria quando esteve em França, depois de o terem "convencido a entrar", mas, quando regressou a Portugal desistiu e atualmente não é maçon."

http://www.ionline.pt/portugal/soares-diz-nao-ha-problema-nenhum-politicos-assumirem-fazem-parte-da-maconaria

Como??? Não foi este senhor que sempre negou a pés juntos que jamais pertenceu à Maçonaria?

Karocha disse...

http://sol.sapo.pt/inicio/Sociedade/Interior.aspx?content_id=21000

zazie disse...

Homens de avental, dão nisto: fumam mas não inalam

Gallagher disse...

Ahahah! Prosódico! Que bem adjectivado. Ninguém como o José para aplicar tal prosonomásia!

hajapachorra disse...

O maltez espirito santo ainda revelou a que ponto pode chegar a desfaçatez desses bandalhos da seita a que pertence: perguntado sobre a interferência dos aventais na política, disse sem vergonha que era pouca e que devia ser muito maior, como nos gloriosos tempos do mata-frades e da carbonária. Está ecplicado por que é que o manga-de-alpaca nunca deslarga o monojoranl do sr. Crespo.

Karocha disse...

hajapachorra

Também esteve na TVI24.
Ele lá saberá , o que sabe !!!

hajapachorra disse...

Absolutamente, confrade lima. Obrigar por exemplo o confrade vitor ramalho a declarar as suas habilitações para governar a FNAT seria uma crueldade inquisitorial.

hajapachorra disse...

http://www.youtube.com/watch?v=B9dSMlZaYMg&feature=player_embedded#at=74
Henrique Neto a cardeal, já. A cara de caso do Medina tb o podia fazer cardeal.

ZéBonéOaparvalhado disse...

Quiça, um adepto e dirigente do Porto... e Maçon, não pode ser deputado da republica pelo CDS?.

Òh messa, aonde chega a inquisição.

Não estou a falar do Américo, nem do Jorge..nem do Cal Brandão - estou a referir-me à intelectualidade sulista

Neste País, as elites, estão todos grossos do "verde maduro".

Quer dizer- um "moina" não pode o cartão o Maçonaria, mas, pode ter 30 cartões, de debito, como o Mj. Batata?

Neste caso, já pode e é legal

O espumante dá cabo dos "pensantes".

Está tudo grosso - um dia, dizem: mais austeridade - no dia seguinte, há folga orçamental, entramos numa era de expancionista - vamos emigrar para a India - Goa, Damão e Dio.

Daqui a um ano, estamos irreconhecíveis - cá estamos para vêr - até lá, o tribunal da inquisição - já marcou a data de 13 de Junho, dia Stº António, para o "churrasco" de Sócrates.

Vou tratar de tirar o passaporte, quanto antes

ZéBonéOaparvalhado disse...

Dio, não é assim, mas é assim - Diu

Já la vão uns aninhos, em que tinha de estudar e todos nós do meu tempo, a nossa epopeia marítima.

O ensino actual - faz tábua rasa deste marco da nossa história, para mais, quando temos 10% da população é emigrada e jovem.

Será que os responsaveis e ligados ao ensino - tem consciência disso?

Nem a bandeira Portugal se coloca nas escolas - pelo menos, a bandeira do meu País - fabricada na china e custa 1 euro.

Um desleixo que dura há mais de 30 anos - siga a banda

Uma história de afectos, por onde passamos, que se perde

Goa Damão e Diu de tantos sabores

Zé Luís disse...

Homens de avental fazem com que a Maçonaria seja a tradução livre de... Tupperware.

ZéBonéOaparvalhado disse...

As mulheres com barba na cara e de espada à cintura...

"Ferreira Leite defende que doentes com mais de 70 anos paguem hemodiálise"

zazie disse...

Que grande boca, ó Zé Luis


":O)))))))))