Páginas

sexta-feira, 29 de março de 2013

A resposta do Correio da Manhã a Sócrates

 As Páscoas têm-se revelado desastrosas para José Sócrates. Foi na Páscoa que saiu a notícia da "licenciatura" na Independente e de cuja vergonha não se deu por achado e é agora isto.

O Correio da Manhã de hoje redime-se da edição de ontem, com um editorial à altura do acontecimento que foi ataque descabelado que José Sócrates fez na entrevista  à RTP.
Assim:
Para além disso, revela na primeira página que José Sócrates tem um Mercedes classe S em que "gastou" 95 mil euros. Isso após sair do governo, o que dá relevo à notícia porque nessa altura ainda não "trabalhava" como agora diz que trabalha ( pelos vistos a assessorar de vez em quando uma firma farmacêutica internacional e que durante o seu governo beneficiou de contratos com o Estado).
Ora tal facto reveste interesse noticioso porque se junta ao outro de ter ido para Paris "estudar". Sabe-se agora que será um "mestrado" em Ciência Política, algo que já teria designado como "filosofia política" mas que continua sem se saber que currículo exige, que disciplinas contém, que duração terá e que professores o ministram. Será um mestrado relvado em que a "experiência" política é que conta? Talvez António Caldeira, a principal nemesis daquele, no caso da licenciatura e com o rigor habitual que colocou na investigação que efectuou, digna da melhor que qualquer poder judiciário poderia e deveria ter feito,  nos esclareça oportunamente.

Estes factos que vão sendo descobertos e publicados remetem para a falta de transparência da vida de José Sócrates, vida pública enquanto o tem sido, claro está. O pormenor de ter alugado um carrito modesto para chegar à RTP é revelador do cuidado na apresentação deste indivíduo de "esquerda" que combate a "direita" que só nos tem conduzido à desgraça com a austeridade e que por isso é preciso acabar com ela, como ele mesmo exemplifica.
O mentor-mor da politiquice partidária, Mário Soares tira-lhe o chapéu, hoje, na capa do Expresso. Acha que o regresso de Sócrates foi "excelente". Sem dúvida, como a RTP1 ( 360 º) ontem o demonstrou e o jornal i de hoje realça com factos, coisa que aquele Soares abomina quando não lhe agradam. Soares, nesse aspecto é um émulo de Reagan que dizia ( em 1988 num discurso na convenção Republicana)  que "os factos são uma coisa estúpida".
Então tomem lá os factos, essa coisa estúpida que o Mentiroso narrou, para contrariar argumentos:

Outra coisa ainda: um dos factos que agora é repescado, refere-se às "escutas de Belém", uma intriga que a entourage de José Sócrates explorou até à medula da propaganda eleitoral e que agora repenicam novamente como arma de arremesso ao presidente da República.
Escreve o CM que Paulo Ferreira o jornalista que "tem esses conhecimentos de economia"  trocou o Público, onde era subdirector, pela RTP, como editor de economia, escassos três meses depois de o diário noticiar que a presidência da República suspeitava que estaria a ser alvo de escutas por parte do governo de Sócrates. Esta notícia do Público- plantada por quem e para quem?-  terá sido encomendada, evidentemente, tornando-se o assunto uma intriga em que procuram virar o bico ao prego. As suspeitas são mais que muitas, tanto mais que Paulo Ferreira não é jornalista que se destaque e mostrou-o mais uma vez na entrevista. Acresce que o caso das tais escutas putativas  que não passaram de uma mera suspeita que alguém da presidência aventou em função da ocorrência de factos estranhos, dezassete meses antes de serem reveladas pelo Público e eventualmente por esse mesmo Paulo Ferreira- que o desminta porque é necessário que o faça...- foram uma cortina de fundo numa altura em se desenrolava o acto principal que as escutas do Face Oculta revelam muito bem: a tentativa de subverter o Estado de Direito através da manipulação de órgãos de informação, entre os quais o Correio da Manhã, como Octávio Ribeiro revelou recentemente.
Este facto torna obsceno que o patife Junqueiro ande a vilipendiar quem não deveria, antes de esclarecer isto.

33 comentários:

zazie disse...

O que nos vale é que é um homem de Esquerda.

Se não fosse, tínhamos flash-mob de indignados grandoleiros a chamarem-lhe "porco facista".

Mas um homem de esquerda só enriquece com dinheiros públicos. Não é um porco capitalista, explorador da classe operária.

Capitalista Facista disse...

A compra do Mercedes foi atraves do emprestimo da CGD e o aluguer do Golf tambem. O motorista serve para acartar os livros de estudo do Senhor.

zazie disse...

Há-de ser um Carlão- publicamente carrega, em privado, fica por cima.


":OP

simon disse...

"indivíduo de "esquerda" que combate a "direita" que só nos tem conduzido à desgraça com a austeridade e que por isso é preciso acabar com ela"

este indivíduo, que ainda é só um, para o nosso sossego, embora não lhe faltem iguais em Lisboa e pelo País fora,não é de esquerda, nunca combateu a direita, uniu-se a ela, para o nosso mal, às empresas de construção e à banca, para a ostentação de obras de fachada e auto-estradas que se iniciou em Cavaco passou a Guterres e ele não quis ficar atrás em celebridade. Até que o boom estoirou em Wall Street e a sua onda de devastação apanhou todo mundo e toda a gente, sobretudo a mais incauta, para azar de quem está por baixo.
E porém a direita, falando assim, nem se dá mal a parte integrante do círculo alternativo do poder das lojas .

zazie disse...

Olha lá, ó marxista-leninista-estalinista de simon-sans-cullote, conta lá como se nota a diferença, uma vez que faz parte de um partido, todo ele igualzinho e que também compra votos, dizendo-se de Esquerda.

Afinal, como é que v.s distinguem os pequenos filhos-da-puta dos grandes-filhos-da-puta?

É a metro, ou têm detector especial, para saberem quando sacam e burlam e vigarizam, em nome dos pobrezinhos?

zazie disse...

Explica lá como detectas a Direita e a Esquerda, sem leres primeiro o rótulo.

simon disse...

tipo de esquerda,
ainda bem que o tipo é de esquerda, diz a Zazie, com razão aliviada da quela suspeita que o gajo nunca fez nada à esquerda, se não só pela mão e mão dada da finança de negócios da direita.
Ai, sim, essa de Mota Engil, de Lusopontes, dos BCP, BPN e BPP, como de BES e mesmo a Caixa de gordos Negócios... é tudo esquerda à Sócrates, como à Coelho, que nem ainda o sabe um Catroga .

zazie disse...

Afinal isso de Direita é igual à Esquerda, mas o problema é não prometer a Revolução, nem a igualdade para todos e, ainda por cima, enriquecerem com trabalho privado.

Se fizerem o mesmo, mas enriquecerem prometendo igualdade para todos e com dinheiros públicos, está bem.

São de Esquerda- têm carta branca e o resultado é sempre atirado para os que vierem a seguir.

Capitalista Facista disse...

Oh Simon, fosse realmente é uma pessoa bastante sabedora. Entao explique lá como é que a Wall Street e a City Londrina sao capazes de criar tal crise na Europa se estava tudo a correr bem com as governacoes dos paises do Sul, incluindo a de Socrates ? Ora se isto de aumentar divida convinha a todos, explique lá porque é que de repente as torneiras fecharam-se e foi preciso a troika emprestar dinheiro para que o governo de Socrates (Teixeira dos Santos) pudesse pagar os salarios dos funcionarios publicos ? Explique lá que estamos todos muito interessados em saber.

zazie disse...

Eu não sei nada. Tu é que tens o detector do proletariado e eu até uso cullotes.

Sou uma uber-facista sem luxos.

zazie disse...

Mas o FMI já cá veio 3 vezes e a culpa há-de ter sido sempre dos facistas-capitalistas que não foram completamente exterminados no 25 de Abril.

25 de Abril Sempre! facismo nunca mais!

A terra a quem trabalha!

Os ovos a quem os põe!

zazie disse...

A banca é do Povo!

E os mercedes também!

zazie disse...

Imagine-se se era um porco-capitalista que tinha empréstimo de banca privada para estudar em Paris e comprar mercedes para as voltas.

Felizmente que é um homem simples- um animal socialista- conseguiu tudo isto, como qualquer português pode conseguir.

É ir à Caixa que ainda é do povo.

simon disse...

E imaginem lá agora que o gajo era direita, os fatos que não comprava mais, os carros de mais cavalos que levaria para a estrada...
Aquilo é tábua grossa, pesada, bem de direita, como o Coelhone, o Vara, Penedos e mais cambada, que não tem a ver com socialista ou psd, iguaizinhos. Ai, deixa, o Sócrates deixou alguma vez a jota sd onde se crismou para a ideia de conquista .

zazie disse...

Imagino, pois.

Era até capaz de ter o nome escrito na montra de uma loja de Beverley Hills.

São uns porcos-facistas quando ainda conseguem ser mais ricos que este, que felizmente, só tem o nome nas casinhas de imigrantes e nos despojos da sucata.

simon disse...

A origem interessa pouco, felizmente, a porta de acesso ao ponte tem uma direita e esquerda, como uma porta dupla, larga e promissora. Alguns destes gajos vieram das berças, com uma mão atrás e outra à frente

http://www.youtube.com/watch?v=YKqc1Q9zDxQ&feature=player_embedded

dando-se por à vida por caminhos semelhantes, rumo ao poder, sob a alçada de padrinhos mais ou menos experientes .

simon disse...

digo, a porta de acesso ao 'pote'

zazie disse...

São mesmo umas cavalgaduras de casino.

Os bons de Esquerda preferem oferecer fundações com poupanças de muito esforço e só chegam a morgados de Nafarros, porque não conseguiram lugar em Rilhafoles.

zazie disse...

Mas então, como é que ideologicamente os distingues?

Pelo Hino?

O PS ainda tem a Internacional dos descamisados como hino do partido.

zazie disse...

E v.s não dizem que o mundo se divide ao meio- entre esquerda e direita, para tudo?

Pois, quando há eleições, não engolem todos os sapos que forem precisos para votarem PS (que é sempre a boa da alternativa de Esquerda) para combaterem a famigerada Direita que é tudo o resto que não se diz de Esquerda?

zazie disse...

Quem é que elegeu este animal socialista?

Foram apenas os banqueiros socialistas, com o bom do Salgado a mandar?

zazie disse...

Cá pra mim, andas baralhado.

Ser-se de esquerda é lutar pela igualdade, mesmo com empréstimo da Caixa.

Isso sim. E nem sei porque é que os nossos imigrantes, ainda tiveram de ir para bidonvilles, quando tinham ali o Quartier Latin, que também é um bairro de Esquerda.

Há-de ser um problema de falta de gosto.

zazie disse...

Na volta foi por não serem teóricos e, por isso, não podiam ir a líderes da Revolução.

A Rive Gauche sempre foi reserva para os pensadores que desertavam.

Não se pode planear uma coisa tão importante como a derrocada do Sistema Capitalista num bidonville.

Floriano Mongo disse...

Apaixonado pelo personagem que inventou, embevecido pelo som da própria voz, Sócrtates continua a recitar mentiras novas e velhas com a mesma naturalidade com que troca o Armani por um Rosa e Teixeira, o milionário Mercedes Benz pelo utilitário Golf alugado.

Assim é o mundo de José Sócrates. Onde todos vêm um político milionário que vive rodeado de luxo, ele enxerga uma trama destinada a denegrir a imagem de um cidadão remediado.
Como se houvesse imagem a denegrir.

zazie disse...

Mas o "pai da democracia" gostou.

zazie disse...

O que era de nós sem um pai da democracia que também gosta e fez o triplo.

JC disse...

Que carácter perverso tem um homem que, sendo possuidor de um Mercedes "topo de gama" com motorista e tudo, aluga um Golf para conduzir até aos estúdios da RTP, no dia em que ia ser entrevistado?

Isto é para atirar areia para os olhos de quem?

foca disse...

Não sejam maus, o carro é para a mae ir receber o complemento solidário.

JC disse...

E, já agora, com que dinheiro é que este estafermo paga o ordenado do motorista?

Do empréstimo que recebeu da CGD para ir estudar para Paris?

foca disse...

O outro velho inimputavel lá ai tendo os amigos do Expresso para lhe ampliar as bacoradas.
Por alguma razão nunca se fizeram investigações nas casas de Nafarros e Vau, nada de irregular alguma vez aconteceu no colégio Moderno, e até a Maria da casa se manteve na Cruz Vermelha a presidir com toda a competência de gestão que se lhe conhece.

simon disse...

A questão direita/esquerda respeita à filiação partidária e ao caráter do indivíduo.
A dona Sílvia de Paços de Ferreira, que era rica, pedia para os necessitados e abriu uma creche que sustentou pelo resto da vida, diz o padre já velho da freguesia dela, já era uma santa venerada pelo povo em vida. Acontece que mulherzinha que não sabe se lhe chamar milagre diz que lhe faltou o leite três dias em que não alimentou a sua menina, pelo que voltando-se a ela, ó minha santa Sílvia, valei-me agora como já fizeste em vida! E chegando a casa, pegou na menina que se pôs a mamar até não querer mais. Tanto que o Papa Francisco mandou que se dê nota dos feitos da santa, que rica, embora, sem direita ou esquerda, faz o bem a quem precisa.
O mal em Portugal foi capitalizar-se a política para dois partidos à conquista do mesmo todo assente na grandeza e miséria da nossa cultura, sem dferença além das siglas. E o povo divide-se pelas duas, sem mais motivo que a circunstância da figura da terra ou de família. Que ainda se entende, a nível de autarcas, da câmara às juntas. Já que acima disso, a nível da direção dos partidos, direitos ao poder alternativo, hoje é a mesma massa de sujeitos trasidos diretamente das jotinhas, rumo à lógica do poder a dividir entre as lojas respetivas de nepotes e padrinhos.
Isto de ouvido, sem nenhuma escola ou 'narrativa' e assim despido.

Que hoje não mais direita ou esquerda, além do caráter e capacidade de um indivíduo.
Também, pudera, ao ponto que as antigas escolas esbarram na parede, por igual desfazadas, parece, da realidade sempre em revolução, que já não espera .

mujahedin مجاهدين disse...

Que belas teorias as deste apóstolo que nos enviaram.

Olha lá ó apóstolo, o Dr. Salazar era de quê, já que quando se foi não tinha coisa nenhuma quase, especialmente comparado com um qulquer deputado moderno, e até galinhas se criavam em S. Bento?

hajapachorra disse...

passo