Páginas

sábado, 23 de março de 2013

O jornalismo-pelicano

A jornalista Filomena Martins que agora escreve no DN uma crónica, depois de ter sido cronista noutros lados e repórter no Correio da Manhã, esportula no jornal de hoje a sua opinião sobre o caso de Sócrates se tornar comentador televisivo, na RTP, assim:

A pergunta retórica que coloca e à qual responde em modo muito prático e a afogar evidências de outras retóricas é exemplar deste tipo de jornalismo croniqueiro que invadiu de forma crónica o jornalismo nacional:"É de interesse público ouvir o que o ex-primeiro-ministro tem a dizer? Claro", responde logo, como se essa evidência não trouxesse mais água no bico que um pelicano imerso em maré negra.

Se lhe perguntassem do mesmo modo - "É de interesse público ouvir o que o ex-presidente do Benfica, Vale e Azevedo tem a dizer?", responderia o quê, esta jornalista-pelicano? "Claro" ? Não, de certeza escuro.
E se em vez de Vale e Azevedo fosse, sei lá, o presidente do PNR, José Pinto Coelho, o que diria a pelicano-jornalista?
Provavelmente, uma vez que integrará tal pessoa na extrema-direita, sem dúvida alguma,  o que já escreveu em tempos...dizendo claramente que "“A melhor forma de lidar com esse fenómeno desprezível, xenófobo e racista, tem duas vias: o ataque, relevando o pior do que defendem sem contemplações e controlando os seus passos ao milímetro, agindo contra todas as ilegalidades; ou o desprezo, cortando-lhe campo de manobra e impedindo qualquer tipo de promoção.”


Esta jornalista que apelida a polémica suscitada com este caso, de "ridícula e absurda" não se deu conta de que absurda é a sua miopia croniqueira ao não reconhecer o óbvio: que o aparecimento de José Sócrates, agora, na RTP em tempo e espaço de opinião que apenas o mesmo controla, sem contraditório, não se destina a qualquer esclarecimento do papel do mesmo como ex-primeiro-ministro, mas apenas a um branqueamento e reciclagem política no momento que atravessa. Destina-se exactamente ao oposto que supostamente uma intervenção televisiva deste teor deve ser: esclarecimento e elucidação do cidadão comum, acerca do fenómeno político trocada gratuitamente por propaganda desenfreada e obscena. Com uma agravante nada despiciente: é precisamente ao jornalismo decente e competente que compete a denúncia e a não admissão de tais procedimentos. A característica de contra-poder do jornalismo devia obrigar os verdadeiros jornalistas a tal tarefa, mas pelos vistos alguns preferem ser jornaleiros de causas.

A intervenção televisiva de José Sócrates destina-se apenas a propaganda política do costume, de nada valendo a experiência antiga porque os processos são sempre os mesmos e os objectivos idênticos: a conquista do poder político.
Quem olvida voluntariamente este efeito necessário e evidente da intervenção televisiva de um político, na circunstância que atravessamos, não merece sequer cronicar em jornais, porque o que escreve traz a suspeita da água no bico. E é água suja.E nada tem de ridículo porque é triste, apenas.

22 comentários:

Floriano Mongo disse...

Se presidisse uma empresa privada noutras paragens bem mais exigentes, Sócrates seria expulso aos berros pelo conselho administrativo, perseguido por apupos de accionistas coléricos, desqualificado para pilotar até carrinhos de castanhas e condenado ao desemprego perpétuo.

Como foi primeiro-ministro, o único no mundo que faliu o país por excesso de competência, é convidado pela televisão do Estado paga por todos nós para comentar o naufrágio. Assim, os jornalistas fingirão enxergar um super-gerente na superlativa mediocridade com que coleccionou escolhas desastrosas.

Sócrates nem precisou empoleirar-se num andor da procissão dos pecadores. Foi-lhe oferecido o altar do Estado e vai sentir-se em casa, no convívio com jornalistas amigos, vendedores de nuvens e perfeitas cavalgaduras que se acotovelarão para se embriagarem com as suas palavras.

Há dois anos, o Portugal-Maravilha socialista inaugurou o clube dos países falidos por excesso de sucesso. Na época, o país tinha os trejeitos e a cara de Sócrates. Principalmente quando contemplado de frente e de perfil, como se deve fazer com os casos de polícia.

lidiasantos almeida sousa disse...

Senhor JOSÉ, não se afobe contra a pobre Filomena que tem como obrigação escrever uma crónica, senão o patrão diz que ela ganha muito e despede-a. Neste momento de depressão a que chegamos por termos um QUERIDO Líder de Belém, acobardado pois dizia pelas terras onde vagueava apenas para aparecer na televisões: INSUSTENTÁVEL, EXPLOSIVO e nada de agir. Agora deve estar borrado de medo por ver o inimigo à perna e não poder apagar o prefácio. Aposto que a ideia de trazer o Sócrates para comentar na RTP, foi dos inúmeros "spindoctors" do ALFORRECA para se vingar do QUERIDO LÍDER DE BELÉM. Logo agora que os Mariani estiveram isolados em Belém para colocar o BOTOX. Já sabia desta? Se precisar digo-lhe o nome do cirurgião. Bom fim de semana e os seus anónimos não escreveram nada. Mas quero fazer-lhe uma confissão. o Sócrates é "muita lindo" elegante, culto, inteligente, honesto etc. As palavras não são minhas são
da Sogra Clotilde Fava a grande pintora e escultora que o adora.


Floribundus disse...

o Pelicano é ave que armazena o peixe que devora

conhecia o 'dossier pelicano'

agora temos o 'dossier Pinóquio'

5016 disse...

Já vai quase em 120 000 pedidos para que o delegado de propaganda volte para os galinheiros que aprovou ...

Rui disse...

eu adorava ver um debate entre o socrates e o relvas.... just sayin...

Rui disse...

tlvez tenha a ver com o facto de eu ver pouca TV pois prefiro informar-me atraves da net e dos blogues mas acho incrivel esta indignação toda e petições com nao sei quantas mil assinaturas contra uns comentarios da treta na TV e ng se preocupar com o andamento dos processos Freeport/Cova da Beira e o escrutinio dos contratos das PPP.

Não vale muito mais a pena fazer umas petiçoes com 10 milhoes de assinaturas para esse processos "andarem para a frente". Eu sei que deve ser inconstuticional pois devme de haver uns prazos minimos quaisquer que têm de ser cumpridos... mas petiçoes dessas eu tinha gosto em assinar...

agora esta treta de ser ou nao comentarista a mim pouco me aquece ou arrefece, mas la está eu vejo pouca TV e se calhar por isso nao lhe dou a importancia devida...

josé disse...

Rui:

As pessoas informam-se pela tv. A generalidade, acho.

Os jornais têm pouca gente que os leia. Os noticiários do rádio servem o mesmo objectivo que os telejornais porque o tipo de pessoas que os fazem é o mesmo: são as marias são josé e os josés albertos de carvalho mais as sonsas anas e judites.

É com isso que as pessoas se habilitam depois a pensar...

Portanto, não desvalorizo nada o golpe do Paulo Ferreira e o frete que tal representa, em conluio evidente com a gente do governo que está.

Unknown disse...

Não esquecer que os chefes de quadrilha, mesmo um pilha-galinhas tipo sócrates,têm, entre os seus homens-de-mão,algumas mulheres ( ou equiparadas, vide ana gomes).
E que redigem composiçõezinhas laudatórias ao bicharel, perdão, bacharel sanitário, e essas redacçõezihas depois, por obra e garça do Espírito Santo ,são exibidas pelos pasquins do costume.

Rui disse...

Mas josé afinal qual é o mal de o josé socrates fazer de comentarista na TV? Nunca pensei vir a defeder o homem, mas sinceramente não percebo esta histeria contra ele. É porque tem uma agenda escondida, porque provavelmente quer vir a ser presidente? E o marcelo não quer? e os outros todos não têm agendas escondidas? Este é mais perigoso que os outros?

Então mas ele não foi 6 anos primeiro ministro? Não será bem mais interessante ouvir o que ele tem a dizer do que os outros "tudólogos" que falam falam falam mas nunca fizeram nada?

E afinal porque é que não havemos de ouvir o que o homem tem para dizer? Eu pelo menos da minha parte tenho bastante interesse em ouvi-lo, bem mais do que aos comentadores habituais:
- Marcelo;
- Marques Mendes
- Miguel Sousa Tavares
- Rui Moreira Da Silva
- Louçã
- Seguro
- etc etc

desculpe, nunca imaginei escrever tantas linhas em defesa do socrates, mas sinceramente parece-me que isto é a reacção típica dos portugueses que nos tem levado por estes maus caminhos da crise. Preocupam-se com coisas que nao interessam muito, pormenores, e nao com as que realmente interessam... Provavelmente estou a ser ingénuo, só não consigo perceber porque é que o josé que não é da área da comunicação/marketing etc, acha isto tão relevante.
Acha que o facto de socrates ser comentador de tv pode de alguma forma influenciar o andamento dos processos que tem contra ele? Imunidade por ser presidente da republica é isso?

josé disse...

Bem, vou repetir:

A absoluta falta de vergonha de quem manda na RTP, neste caso singular, é paradigmática do que aconteceu ao país. Um indivíduo que fez o que fez, politicamente, passados escassos dois anos, volta de Paris, onde se encontra a estudar não se sabe bem o quê, sendo agora consultor de não se sabe exactamente o quê e ganhando a vida não se sabendo exactamente como, para intervir outra vez abertamente na política nacional e assim ganhar visibilidade e relevo político que de outra forma não conseguiria. Isto é um frete aberto, claro e obsceno.
A RTP, evidentemente, cedendo a solicitações externas porque não lembra ao careca convidar uma pessoa assim sem ser através de pressões diplomáticas da política nacional, convida o indivíduo que ainda não prestou qualquer conta do que fez ao país, para comentar a actualidade, com outro prócere destas andanças, sócio de capital da PLMJ ( depois de ter sido sócio de indústria e ter alcançado o lugar após sair de um governo) e outro exemplo da falta de vergonha nacional erigida como paradigma de comportamento político.

naoseiquenome usar disse...

:)
http://www.noticiasaominuto.com/politica/56777/relvas-aplaudiu-convite-da-rtp-a-s%C3%B3crates#.UU5PSRw9OAk

mujahedin مجاهدين disse...

Bom, independentemente de tudo o mais, há um pequenino pormenor: há muita gente indignada com isto.

Centos de milhares de pessoas demonstraram já que acham esta coisa inadmissível. E, é de notar, não se trata de uma manif-passeio-de-tarde-de-Domingo, em que o maralhal oferece certa anonimidade. Aqui é de nome e BI.

É nestas alturas que se vê a verdadeira democracia e o espírito democrático com que esta gentinha está imbuída: a opinião de toda esta gente é "ridícula", "absurda", diabolizante e coerciva (coage a ambição do pobre homem, coitado).

Houvesse petição com metade das assinaturas por coisa semelhante, mas com o do PNR e suponho que estaria esta pelicana numa grasnaria (como se chama ao som que fazem as pelicanas?) e numa agitação de asas, clamando por que se respeitasse a vontade da democracia!

Que porcaria...

Joao disse...

"A melhor forma de lidar com esse fenómeno desprezível, xenófobo e racista, tem duas vias: o ataque, relevando o pior do que defendem sem contemplações e controlando os seus passos ao milímetro, agindo contra todas as ilegalidades; ou o desprezo, cortando-lhe campo de manobra e impedindo qualquer tipo de promoção.”

Nesta citação da "jornalista" está todo o "jornalismo" e o "entertainement" (passe a repetição) contemporâneos. É a cotinuação da revolução por outros meios.

lusitânea disse...

Para facilitar a integração dos pretos o Sócrates deve trazer um namorado daquela cor...
De resto vem contemplar a sua "obra"

aragonez disse...

Eu, suspeito, me confesso: não sei muito sobre propaganda televisiva.
Justamente porque não quero saber, nesta casa não há sinal de TV.
Posto isto, tenho a ceteza que, se tivesse os olhos e ouvidos postos em qualquer ecrã, apenas iria ouvir e ver o que o camarada quer transmitir: propaganda.
Não vai haver qualquer eventual esclarecimento sobre as roubalheiras do passado, não só porque os "jornalistas" vão deixar isso de lado, como ao vendedor da banha não interessa falar dessas inventonas...
De qualquer modo, parabéns ao socratintas: é bom no que faz e manda fazer.
A bem da Nação?.....

lidiasantos almeida sousa disse...

Caro Rui, recebi no meu e-mail o convite para ler o seu comentário com o qual estou inteiramente de acordo. O Sócrates perdeu as eleições, pediu a demissão de Presidente do partido dele, entrou em período de nojo de 2 anos e foi estudar ciências politicas no PO em Paris, continuou a ser perseguido, caluniado bem como a sua pobre mãe. Falemos de período de nojo, coisa rara em PORTUGAL, PORQUE SÓ ME LEMBRO DO Jorge Coelho que depois da queda da Ponte ENTRE OS rios, pediu a demissão e esteve 7 anos sem trabalhar ou fazer até aceitar ir para Administrador da Motta Engil, mesmo assim com os cães a ladrarem às canelas. Agora comparemos com Manuela Ferreira Leite: quando Ministra das Finanças, para mentir à UE dizendo que o deficit era de 3%, vendeu as dividas do Fisco e da Segurança Social ao CITTYBANK,recebendo 1 EURO POR CADA 5, Comprometendo o Estado Português a fazer as cobranças e aceitar de volta os incobráveis. Recebeu 3,2 mil milhões de Euros, ficando numa conta oculta. Em 2009 a UE exigiu ao Governo Português contabilizar essa divida que então atingia 15.2 mil milhões de EUROS O QUE FEZ DISPARAR A DIVIDA PUBLICA. Não satisfeita sacou o FUNDO DE pensões dos CTT que incorporava 2 prédios 1 em Coimbra e outro em Lisboa. Arranjou um intermediário desconhecido chamado RUY Oliveira, para realizar a venda sem qualquer concurso. A venda em Coimbra, foi feita de manhã por uma quantia baixa ao BESI e revendida à tarde por 4 vezes mais. O tal RUY DESAPARECEU COMO O FUMO. Houve uma denuncia de outros interessados na compra dos prédios o que deu origem ao Processo que constituiu 52 arguidos, à cabeça o honorável ex Presidente do PSD e CTT, Horta e Costa. O Processo arrasta-se há anos e só agora depois de muita espera a Senhora Ferreira Leite se dispôs a depor, dizendo que foi um belo negócio ET LA NAVE VA e o Senhor José como expert da JUSTIÇA PODERÁ AJUDAR-NOS A PERCEBER ISTO.

lidiasantos almeida sousa disse...

Voltando ao período de NOJO, Ferreira Leite saiu de Ministra das Finanças e foi logo como administradora do Banco SANTANDER, a quem tinha feito um perdão de divida fiscal respeitante à transacção do TOTTA. Trabalho lá 9 meses, tendo recebido centenas de milhares de Euros, como se comprova pela sua declaração ao Tribunal Constitucional quando se candidatou ás eleições. Foi pressionada pelo seu Querido LÍDER DE BELÉM que pensava que eram favas contadas, depois da malograda conspiração das escutas de Belém. A Senhora coitada, perdeu o TAXO, quis voltar para o SANTANDER mas o lugar já estava ocupado pelo ex Presidente do Sporting e o seu Amigo Amado tinha saído para o BCP e aí a coisa estava mal, a ordem era reduzir Administradores. Só o Senhor José é expert nestas matérias de julgamentos adiados, ou mesmo adiados SINE DIE, como aconteceu com o protegido da SENHORA, António Preto que ela chamou para a lista dela para as eleições de 2009, estava à espera de ser julgado pelo caso da "MALA" perdeu as eleições mas ele ficou deputado, O Julgamento dele foi adiado SINE DIE. quanto ao Senhor José dizer que o Pinóquio Blá, blá, blá que dizer do seu Pai GEPETO = QUERIDO LÍDER DE BELÉM que depois da malograda intentona das escutas, vagueava pelo País, dizendo INSUSTENTÁVEL, EXPLOSIVO etc. mas dissolver o Parlamento, nada, porque actos de coragem não são com ele. Agora que os Mariani estiveram recolhidos a por BOTTOX, pode ser que saia alguma coisa de jeito que não roteiros porque isso compra-se na Feira da Ladra. Obrigada Senhor José se publicar os meus comentários

aragonez disse...

Lá voltamos nós ao mau hábito de pretender branquear a porcaria pela existência de mais porcaria, mas com origem diferente.
Nivelando por baixo a noção da decência.
São rosas meus senhores: são todos políticos, uns mais outro menos.
Porcos...
A bem da nação.

lidiasantos almeida sousa disse...

Rui hoje é Domingo dia dos católicos o que não é o meu caso, pois sou agnóstica a caminhar para o ateísmo, veremos se há hora da morte me converto. O seu comentário é de uma pessoa inteligente, culta, isenta e que espera para ver como eu. O extremismo calunioso que este blog consente aos anónimos feios, porcos e maus, só revela inveja porque o Homem é lindo de morrer, nas fotos é claro porqie não tenho o prazer de conhecê-lo. Fiz um tentativa em Paris, onde ele estudou durnte os 2 anos de período de nojo, como outros politicos deveriam ter feito a começar pela impoluta FERREIRA LEITE, que antes de sair de Ministra das Finanças de Durão, para mentir à UE, dizendo que o deficit era de 3%, vendeu as dividas do fisco e da Segurança Social ao CITYBANK, recebendo 1 EURO POR CADA 5, ficou obrigada a fazer as cobranças, pagou juros elevadissimos. não contabilizou esta operação e quando chegou a hora da verdade, na crise de 2008 a União Europeia obrigou o Ministro das Finanças Teixeira dos Santos, a juntar esta divida oculta à divida soberana e o empréstimo que foi de 2,3 mil milhões de Euros, transformou-se em 15,2 mil milhões e o CITYBANK, em estado de semi-falência exigiu o pagamento. Não satisfeita sacou o fundo de pensões dos CTT, que comportava 2 prédios sendo 1 em Coimbra e outro em Lisboa na Avenida da Republica. O mandante dela era um tal RUY OLIVEIRA, QUE DEPOIS DE RECEBER O DELE DESAPARECEU. Os prédios foram vendidos de manhã por uma verba baixa, pois s+o se apresentou 1 comprador BESI, COMO É HABITULA, e revendidos à tarde por 4 vezes mais e revendidos. Estão 50 arguidos quase todos do PSD, com o Honorável HORTA E COSTA ex Presidente do PSD e dos CTT, o processo arrasta-se pelos tribunais do Senhor José e só agora ela foi testemunhar dizendo ter sido um bom negócios, nem vale a pena falar dos outros processos nem vale a pena falar. Ms o mais insóluto para uma senhora impoluta, que só vê erros de governação dos outros, quando ela saiu de Ministra, foi logo para Administradora do Santander,sem cumprir período de nojo tanto mais que os bancos faziam parte do seu MINISTÉRIO, depois de ter dado a esse Banco um perdão fiscal de milhões pela aquisição do TOTTA, ESTEVE LÁ 9 MESES, ganhou centenas de milhares de EUROS COM CONSTA DA SUA DECLARAÇÃO AO TRIBUNAL CONSTITUCIONAL, foi obrigada pelo Querido Líder de BELÉM A DEIXAR O TAXO, para ser Presidente do PSD, pois o Querido Líder de Belém mandou fazer a inventona das escutas e pensava que eram favas contadas, Coitada da Senhora, quando perdeu as eleições já não pode voltar para o SANTANDER porque o seu Amigo Amado foi para o BCP e lá não havia esse taxo porque o Banco estava muito depauperado e o SANTANDER tinha de dar TAXO aos Presidentes do Sporting. Quem poderá explicar o poder desta Senhora na Justiça é o SENHOR JOSÉ, como por exemplo ela nas eleições ter o ANTONIO

hajapachorra disse...

Por que razão ainda há neonazis? Pela mesma razão que explica a existência de anónimas lídias almeida santos.

zazie disse...

Completamente. Mais retardada mental que esta deve ser difícil.

E a tarada tem a mania que lhe mandam mails.

eheheh

zazie disse...

Mas que homem é lindo de morrer?

Esta tarada deve ser o Carlão

":O))))))