Páginas

domingo, 24 de março de 2013

Sócrates, para quem já esqueceu...

José Sócrates em 2004, antes de aceder ao poder político através de eleições que deram maioria ao PS, já era figura cuja transparência na vida pessoal relacionada com a política deixava muito a desejar.
A revista Focus de 15 de Setembro de 2004 traçava-lhe um perfil pouco abonatório para quem desejava exercer o mais alto cargo político no poder executivo do sistema.
A maioria das pessoas não ligou a essas coisas que eram publicitadas como provocando perplexidade a quem se habituou a viver honestamente do seu modo de vida, mesmo acima da média.  A revista escrevia na capa que o mesmo já fazia "vida de rico", morava num prédio de luxo e declarava como único rendimento o salário de deputado ( um "simples deputado" como o mesmo declarou poucos anos depois).


 Ainda não eram conhecidos os problemas que viriam a surgir durante o mandato, mas as dúvidas já eram mais que muitas, pedindo meças ao senso comum.

Já então se falava no caso da Cova da Beira, na "teia de Felgueiras" ( Resin) e nada disso impediu a designação como primeiro-ministro, com aplauso geral para quem estas coisas são sempre de sómenos.

Na Páscoa de 2011, sete anos depois, José Sócrates mantinha o mesmo nível de vida com um salário que não daria mais que Passos Coelho conseguirá fazer...e no entanto ninguém se interrogava como é que era possível.
Parece que aos portugueses essas coisas são sempre minudências sem importância.


A Flash de 21 de Março de 2011 mostrava que Sócrates continuava o mesmo de sempre, "fazendo vida de rico" com salário de remediado.
Nunca ninguém se importou verdadeiramente com isto e não entendo porquê...



46 comentários:

S.T. disse...


Faz todo o sentido o perurso , há-de dar um excelente Presidente da República .

Viriato de Viseu disse...

No País em que estamos, é a pessoa indicada até para ser mesmo presidente da República.

Neste País falido e desprovido de valores já nada me espanta.

Floribundus disse...

todo o 'zé polvinho' aspira ter a vida larga de sócrates,
politico nascido de família abastada

rita disse...

Como é possível???!!!

Paulo Sarnada disse...

O homem pode comentar o que quiser onde quiser. Nada do que diga me interessa. Dedico-lhe o desprezo que se deve dedicar a misantropos.
Não merece sequer o alarido neurótico que os papagaios plantaram na praça.

Floribundus disse...

receituário Nazi:
'mentir,
mentir sempre,
mentir com convicção'

José Domingos disse...

Um povo miserável, só pode gerar "políticos" deste calibre. Vai ser presidente. É eleito, por aqueles que se reconhecem na sua maneira de estar e gostavam de ser como ele. Os labregos, são assim. mas há mais pintos de suza, por aí.
Desprezo.

S.T. disse...


Há-de haver tantos , quantos os votos com que se há-de fazer eleger...

:)

lusitânea disse...

O Sócrates via mamã nunca foi pobre.Pelos vistos o avô foi rico em Setúbal.Os tios continuaram e construíram por aí com bons resultados.E tendo claro offshores como todo o mundo do dinheiro.Daí aquela lista do Mário Machado.Eu até conheço o Monteiro a quem foram roubados os papéis.É simpático e entrou quase na clandestinidade por causa do sobrinho.
O alimentar o partido com 2 pratos em campanhas eleitorais é que deve sair caro e aí é que o Sócrates se deve ter perdido.Um verdadeiro desenrascado.
Para mim o maior crime dele foi a Lei da Nacionalidade e da imigração(já muito parcialmente corrigida)que dobrou o nº de pobres num instante...e pelos vistos para todo o sempre porque andam a nacionalizar tudo a eito e depois de terem entregue tudo o que tinha preto e não era nosso e com confiscos.Sem reciprocidades em lado nenhum...
Foi o nosso "grande africanizador"

lusitânea disse...

Claro que o Costa é que tratou de tudo ouvindo as "associações" que tão bem se serviram...
Costa que está a dar o golpe de baixar impostos antes das eleições.Diminuiu o IMI de forma significativa.Mas que claro irá aumentar no próximo ano...até porque ele ainda não encheu a mouraria com obviamente os mouros vindos da Índia...

Floriano Mongo disse...


Um surto de megalomania varreu Portugal por seis anos. O seu mentor, José Sócrates, um político sempre em guerra com o código penal.

Foram factos que mereceram e merecem o tratamento sarcástico. Sócrates merece ser atingido no fígado quando o calibre da bala é engrossado pela ironia impiedosa.

Os jornais queixam-se da falta de leitores. O que falta é a argúcia e o desassombro de alguns blogues, a independência intelectual e política, a coragem e o talento.

António Lopes disse...

Vai chegar o Ali Bá Bá, para consolo dos 40 Ladrões!

Floriano Mongo disse...

É preciso lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido, reitera há dois anos a bancarrota que Sócrates nos deixou no sapatinho.

Na época, Sócrates fez um anúncio assombroso: o seu Portugal-Maravilha, especializado por seis anos na fabricação de colossos e prodígios, estava com os cofres vazios. Ia chamar a troika. Sócrates acabava de inventar uma bancarrota que era um sucesso estrondoso.

“Foi um bom acordo” disse esse monumento ao cinismo sobre o memorando de entendimento que acabava de assinar. Que ninguém estivesse preocupado, caso se melhorassem alguns pontos, continuaríamos a ser pedintes bem-sucedidos.

De costas para o mundo real, os vigaristas da seita socrática faziam de conta de que o Primeiríssimo Mundo continuava aqui enquanto exibiam um país que era um pobretão que se fazia de rico e se passeava pelas instâncias internacionais com um fraque puído nos fundilhos.

O pior é que uma imensidão de vítimas do embuste parece ainda acreditar que o Portugal- Maravilha socialista é uma alternativa. E vai votar nesses poltrões com a expressão crédula de quem acredita que, com eles, trocarão a troika por uma Noruega no sul da Europa.

Essa parceria entre a esperteza e a ignorância, faz milagres. E a televisão do estado está aí para ajudar nessa consumação.

O Portugal-Maravilha de Sócrates especializado na fabricação de colossos e prodígios só existiu enquanto durou a quermesse dos embusteiros.
Depois de inventar o país pobre que foi um sucesso estrondoso sem sair da pobreza, não tarda, Sócrates vai inventar o colosso pedinte.

Kaiser Soze disse...

Temo que esteja a entrar em fase de negação; não me parece possível continuar a manter-me informado e bem lembrado do que se passou e manter a sanidade.

Por um lado temos uns idiotas que só nos enterram e isso, infelizmente, não é culpa de Sócrates. Ele cavou o buraco, é verdade, mas estes estão a levá-lo até à china.
Prescreveu a desculpa de que tudo se deve ao passado.

Por outro lado, é-me soberbamente impossível entender o regresso do Sócrates; não percebo o que levou a convidá-lo ou a aceitar a sua proposta para ser convidado nem como este aceitou o convite ou se fez convidado.

Isto é mais extraordinário do que se alguém se lembrasse de voar sobre um ninho de cucos.

Cabé disse...

Verdadeiramente impressionante a magnitude de ignorância que paira por aqui. Nunca votei e provavelmente nunca votarei no homem....mas alguém se deu ao trabalho de fazer um pouco...vá lá...um poucochinho de trabalho de casa e verificar que, por via materna, JS tem rendimentos qb para desafogar pela vida? Vá lá..façam um esforço....o Dr Google ajuda. Irra!

José disse...

Ai é? Sabia que a mãe do dito cujo recebe pensão de sobrevivência? E sabia que na altura do falecimento de um dos filhos, tendo uma conta conjunta com netas, levantou a importância total, da ordem de algumas dezenas de milhar de euros ( 85 mil ou coisa assim)?

Acredita no pai natal, como acredita no google?

mujahedin مجاهدين disse...

Este também já se esqueceu...

http://www.jornaldenegocios.pt/opiniao/editorial/pedro_santos_guerreiro/detalhe/a_paixao_de_socrates.html#.UVBQYi_b60U.facebook

S.T. disse...


A googlar como a votar , o escrutínio é o mesmo de sempre . Estamos governados...

:)

zazie disse...

Ai Cabé vai lavar o pé.

128 mil!

JPA disse...

Vejam a noticia que vem hoje no "Correio da Beira Serra", com Paulo Campos a liderar um movimento para acabar os IC's que deixou por fazer.
Mais, o jornal (blog) é de Oliveira do Hospital, sua terra, e aquela onde ele deixou o IC6 a 10km, na vizinha cidade de Tábua.

Cumprimentos
JPA

foca disse...

Nem é preciso o Pinóquio voltar.
O CDS já anda a conspirar pelas esquinas para mandar borda fora os ministros independentes e sacar da cartola um "economista" daqueles que vão despejar dinheiro dos alemães e esperar que o Pai Natal chegue, depois de enriquecer as Mota Engil do sistema (agora na clientela Pires de Lima e amigos).
.
Para ajudar temos o professor e o porta chaves a criar factos imbecis, semana a semana.

foca disse...

É que as autárquicas estão à porta e os fabricantes de submarinos estão com falta de liquidez!

lidiasantos almeida sousa disse...

Senhor José. já lhe tinha dito que não é bonito ANDAR a enganar-nos. Porque está a difamar uma senhora idosa, doente, cheia de desgostos pelo falecimento de 2 filhos e outra caluniado por canalhas por ser muito teimoso e não querer desprezar esta PIOLHEIRA. Não sei quem o Senhor José é nem me interessa porque gosto de mistério e prefiro idealizar o seu rosto, postura corporal, porque estudo fisionoglia. Mas deve ter uma grande paixão/ódio pelo José Sócrates até faz impressão. Nem mesmo vendo as incompetência do sucessor ALFORRECA e outros comparsas o Senhor José abranda. Fale mal dele sempre que isso o consolar, mas por amor de Deus não volte a escrever calunias sobre uma Senhora, cujo único pecado é ser Mãe. e mãe há só uma. O Senhor José é enjeitado? Não tem mãe? Se não tem mãe lamento virá daí a sua deformação moral. Mas fico muito obrigada se publicar o meu comentário. Tenho muito gosto em convidá-lo a vir a minha casa no Alto Alentejo, na próxima 4ª feira ouvir a entrevista do BEM AMADO.

josé disse...

Sou enjeitado dos mentirosos compulsivos.

O caso da mãe do dito foi público e comentado por aqui, também. Basta ir aos arquivos.

Não estou a difamar seja quem for. Essa gente é que nos difama a nós.

josé disse...

E não precisa de agradecer a publicação da mixordice habitual.

Quem sabe, liga o sistema de limpeza mental.

josé disse...

Como não pensa com o baralho todo, deixo-lhe aqui a recordação...

josé disse...

Se precisar de mais explicações, para o resto, é só pedir.

josé disse...

Como tem dificuldade em ler, tome atenção à notícia do CM: foi a neta quem fez queixa da avó, por ter ficado com o dinheiro todo que tinha na conta conjunta.

Se isto é falso nunca vi desmentido, percebe?

naoseiquenome usar disse...

eheheeh, uma pessoa tem que se rir, se não dá mesmo em maluca! Agora é que seria engraçada uma guerrinha, por causa dos saberes, ora bolas. fisionoglia??? Ainda dizem que não há latinistas!

zazie disse...

129 mil.

As malucas das socretinas que embrulhem.

Uma não sabe que nome há-de usar e anda nesta indecisão há décadas.

A outra diz que é mulher mas acha o rabeta um belo homem

ahjahahahhahahaha

lidiasantos almeida sousa disse...

Senhor José OBRIGADA pela sua amável resposta. Mas é infrutífera, porque as noticias de que fala vieram plasmadas no Correio da Manhã que publica tudo o que lhe faz aumentar as vendas. Viu o nome da criança Constança, a idade, o nome da mãe escrito por supostas jornalistas. Ouviu a mãe da criança dizer o que elas escreveram? Tem provas? Se não tem não deve repetir porque a vida de uma menina de 12 anos não pode servir de chicana por pessoas normais, só por anormais, assim como o da avó ou da mãe. Para agradar aos seu lacaios anónimos não vale tudo. O convite para jantar na minha casa do Alto ALENTEJO MANTÉM-SE. Boa noite e obrigada.

zazie disse...

Porque é que este mulherio tem a mania de escrever palavras em maiúsculas?

Esta parece uma versão ainda mais monga do Carlos Castro.

zazie disse...

Vieram plasmadas, então não vieram.

Tu é que ficavas linda plasmada entre uma porta e a parede.

zazie disse...

Agora está-se a fazer

ahahahahaha

Há cada maluca à solta que faz favor.

zazie disse...

Bota lá a fotografia da casa do monte alentejano mais a "picina".

Vá, que é para a gente apreciar as mordomias de esquerda


zazie disse...

Ela estuda o quê?

Fisio quantos

ahahahahahahah

Está tramado, José. Com uma perita destas a bordo não há nick que o proteja

":O))))))

Floriano Mongo disse...

Poucas ramificações da nação dos ressentidos são tão detestáveis quanto a tribo dos “ex”, convertidos ao polo oposto. Há o ex-stalinista que exige a forca para todos os comunistas, o ex-padre que sonha com a incineração de todas as igrejas, o ex-fumador que não admite menos que a prisão perpétua para todos os fumadores, o ex-alcoólico que discursa em praça pública contra a presença de licor em bombom ─ e há o ex-primeiro-ministro que fez questão de cometer todos os pecados, do pecadilho da mentira, aos casos de polícia. É o caso de José Sócrates que reaparece agora posando de guardião do templo das vestais.


Pelo tom animado com que sempre defendeu o seu Portugal-Maravilha, Sócrates acha que o suplício purifica, sobretudo quando infligido pessoalmente por um salvador da pátria.

Aqui neste blogue o José vem desmontando a farsa. Mas os seus textos são sublinhados pela elegância que um José Sócrates não merece.

Nos próximos dias, milhares de gargantas deviam afinar-se para vaiar a chegada do pai da bancarrota que com a ajuda da RTP vem mostrar-nos o caminho da salvação. A multidão precisa de descarregar-lhe em cima a indignação provocada pelo colapso do país, pelo cinismo e falta de vergonha dos membros da seita, pela institucionalização da impunidade, pela inépcia dos pais da pátria, pela erosão dos alicerces físicos e morais sem os quais não se pode sonhar com um Portugal democrático e próspero.

O som que fundiria a fúria, o cansaço, o sarcasmo e a chacota não tem contra-indicação e age sobre distintas abjecções. Sobressaltará o presunçoso, silenciará o falastrão, inibirá o mentiroso compulsivo, constrangerá o arrogante, apagará o sorriso do canalha. Nada como a propagação da vaia para combater epidemias de bandidagem política semelhantes à que devastou Portugal.

É a hora da vaia. Não há nada a perder além da sensação de impotência e da indignação há tanto tempo represada.

Karocha disse...

AHAHAHAHAH!!!

Ele há com cada uma...

Rui disse...

eu sei que sou tótó mas sinto-me incomodado com isto. Continuo a achar que caso seja verdade metado do que está aí escrito é um caso de (e eu até acho que é). Incomoda-me principalmente a naturalidade com que se assume que a justiça portuguesa é totalmente impotente para fazer frente a estas situações e resolvê-las de uma forma transparente...

Incomoda-me especialmente ver que é de tal forma enraizada essa ideia de impotência da justiça que ficamos escandalizados por alguém que todos assumem como culpado de crimes seja entrevistado na Tv publica, pois assumimos que tal é a insignificância do sistema de justiça que apenas o julgamento mediático e o tempo de antena são relevantes...

josé disse...

Atrevo-me a arriscar uma opinião: Na França, Inglaterra, Alemanha e até mesmo em Espanha estes assuntos tinham sido devidamente investigados.

Aqui não foram.

Nesses países o MºPº depende do Executivo. Aqui não.

É motivo de grande preocupação porque o problema é mesmo do MºPº que temos.

josé disse...

Quando digo que teriam sido devidamente investigados quero dizer que se teriam feito muitos mais esforços para descobrir a verdade, fosse ela a favor ou contra o suspeito.

Aqui não se investigou devidamente e estamos nisto: o suspeito não é culpado de coisa alguma mas as suspeitas permanecem porque atentam contra o senso comum.

josé disse...

Todos esses problemas e suspeitas poderiam facilmente ser solucionados pelo visado no caso de o mesmo se prestar aos esclarecimentos cabais.

Até agora nunca o fez, a não ser negar e acusar quem lhe aponta estas coisas, de serem répteis e difamadores.

E no entanto poderia calar essas vozes mostrando que nada tem a esconder, desde logo mostrando a casa, como outros fazem e explicando como é que ganhou o dinheiro para o que tem e a vida que leva.

Se não fosse personagem pública e política tudo isto não interessaria para nada.

Porém, assim, interessa e muito.

Rui disse...

pois mas não é mais preocupante a inaptidão do MP para este tipo de casos do que propriamente a contas que o socrates presta ou deixa de prestar?
é que todos culpam socrates pela crise que vivemos, mas eu penso que esta inaptidão do MP e a própria aceitação desta situação como normal pela população em geral são muito mais causadores da crise do que propriamente a acção direta do socrates.
Acho que é por isso que esta situação da RTP me incomoda tanto. É que a meu ver de certa forma tacitamente toda esta indignação sobre a RTP entrevistar o Socrates implica a total descrença do sistema de justiça em Portugal. Fazem-se petições com centenas de milhares de assinaturas sobre umas entrevistas, mas petições a pressionarem os MPs para apurarem as circunstancias nao sei se existem, mas se existirem certamente que terão poucas assinaturas.

josé disse...

Pois é assim e só se pode concluir que as razões para tal suceder não serão as melhores porque tal efeito é a prova da anomia.

Ninguém se interessa pelo que merece a pena e distraem-se com os aspectos secundários e que relevam apenas das emoções.

Não há verdadeira racionalidade nisso.

mujahedin مجاهدين disse...

Entrevistas não. Se fossem entrevistas, penso que ninguém se indignaria. Antes pelo contrário: penso que a maioria teria interesse em ver.

Mas não são entrevistas. É um programa de comentário semanal, ou todavia regular. E penso que é isto que indigna mais que outra coisa qualquer: um indivíduo que teria todos os esclarecimentos e mais alguns a dar, sobre os mais variadíssimos assuntos - políticos mas não só - e que nunca o fez, aparecer agora, assim banalmente, a comentar sabe-se lá o quê... Como se fosse apenas mais um, no pasa nada!

Paralelamente, existe também a noção, inconsciente quanto mais não seja, mas não menos real, de que os comentadeiros são políticos e os políticos comentadeiros. Ou seja, ao vir comentar agora, como fez noutros tempos, está como que a dizer - ele e quem fez o frete - de que está "apto para o serviço" novamente. Que é apenas mais um. Que a responsabilidade que poderia ter existido, se dissolveu com a assembleia da republiqueta... No pasa nada.

As pessoas, embora em larga medida já sedadas, ainda não foram completamente lobotomizadas, e portanto insurgem-se. E bem. E espontaneamente: não foi preciso convocatória de central sindical ou bloco trotskista...


S.T. disse...


Esta noite , às 21h , tem início a campanha presidencial . Depois de Soares e Cavaco , porque não o José Sócrates ?

:)