Páginas

sexta-feira, 27 de junho de 2014

Portugal nos últimos 40 anos: três bancarrotas passaram por aqui

A revista Tabu do jornal Sol de hoje traça em oito páginas a história de Ricardo Salgado e do seu banco de família, BES.

Ponho aqui as últimas quatro para se perceber como atingimos a terceira bancarrota em 40 anos de democracia. O Pinho dos tamancos aparecem em evidência almocreve.


E quatro magníficos protagonistas; o quinto ( Soares dos Santos) mero surfista de ondas políticas. 


Sobre este assunto e estes desgraçados milionários que arruinaram um país gostaria de perguntar a algumas pessoas o que pensam. A Ferraz da Costa e a...Oliveira Costa. Sim, o do BPN, sobre quem recaem  cavilosas acusações de que "encobriu dívidas nas contas oficiais, inflacionou activos e falsificou resultados".
Exactamente o mesmo de que Ricardo Salgado é acusado. Oliveira e Costa ( tal como Jardim Gonçalves) é "um caso de polícia". Este Salgado é apenas um caso de politica.

No artigo diz-se que Ricardo Salgado, "agora perdeu a idoneidade".
Qual o bem mais precioso de um banqueiro? Precisamente a idoneidade. Salgado perdeu-a mesmo?
Se sim, acabou. Aquele ego está aos pés da rocha trapeia e só lhe resta uma coisa: descobrir a humildade. Se não fossem os RERTS seria na Carregueira...

Porca miseria.

6 comentários:

Lucas disse...

Existem algumas pessoas que já se aperceberam que os bancos são a causa primária da crise em Portugal e no mundo.

O império Rothschild fala mais alto.

Amélia Saavedra disse...

Quais bancos, qual carapuça... a democracia é que é!... E se temos problemas, mesmo em democracia, o problema, obviamente, que não é o regime em si... mas sim a natureza humana...


http://www.publico.pt/ciencia/noticia/so-a-democracia-universal-permite-que-haja-recursos-para-a-proxima-geracao-1660660?page=2#follow

Floribundus disse...

a banca promove a bancarrota.

em 'crime, escreveu ela' e noutras séries policiais´

sempre se diz que para um criminoso são necessários
meios, oportunidade e motivo

os Ratos escapam sempre à ratoeira
é uma questão de Espirito

Amélia Saavedra disse...

E por falar em bancarrota.. temos que acertas horas, caros senhores e senhoras (ou melhor, individuas)

http://www.abatalha.pt/que-horas-sao-nos-relogios-do-progresso/

Ljubljana disse...

A ver se o banco e a financeira se seguram. hoje levaram um forte abanão e estão prestes a ver o rating novamente cortado.

Anibal Duarte Corrécio disse...

A propósito de banqueiros

http://www.youtube.com/watch?v=UwFolpgpksU