Páginas

domingo, 31 de agosto de 2014

Ricardo Salgado, preso? Só pela fraude fiscal. E mesmo assim...

No Correio da Manhã de hoje Carlos Anjos, presidente da Comissão de Protecção às Vítimas de Crimes, escreve sobre a (im)possibilidade de Ricardo Salgado vir a ser preso no âmbito das suas manigâncias no GES/BES.

Não diz mais do que aquilo que já por aqui escrevi sobre o assunto, mas aparece em letra de forma de imprensa e num jornal que vende mais de 100 mil exemplares...e  por isso replica-se, porque além do mais traz a foto do filho de Proença de Carvalho, suposto especialista em direito Comercial que foi acompanhar o detido para o primeiro interrogatório judicial, embora a pasta dos códigos seja carregada por outrém...cuja identidade nem é conhecida nos registos da firma. Curioso...



ADITAMENTO:

O crime de burla, se for qualificado, não é um crime que dependa de queixa do ofendido. Portanto, é um crime público e não semipúblico como afirma Carlos Anjos.
A confusão, se calhar vem por causa disto.

1 comentário:

Floribundus disse...

depois de
'Proença-o-velho'
temos
'Proença-o-novo'

'enquanto houver um português com um pão,
a revolução continua !