Páginas

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Delirium Tremens no MRPP




A rocambolesca e provocatória prisão de José Sócrates realizada ontem à noite pela Policia Judiciária constitui um verdadeiro golpe de Estado em curso, desencadeado por intermédio daquela polícia e que visa directamente os partidos à esquerda do PSD.
Como é sabido, o PCTP/MRPP nunca morreu de simpatias por José Sócrates e pelo seu governo, um dos piores que o país teve.
Mas não é isso que agora está em causa, quando a Polícia Judiciária, pela mão de famigerados justiceiros como Rosário Teixeira, com a cobertura de agentes do Ministério Público e de juízes como Carlos Alexandre, depois de ter abortado prematuramente a Operação Labirinto no caso dos vistos gold, permitindo que Miguel Macedo e outros altos quadros do Estado, do governo e do PSD pudessem escapar à prisão; depois de deixar à solta Ricardo Salgado, chefe do maior gang de gatunos e financiador das campanhas eleitorais de Cavaco e do PSD, e de não tocar em Paulo Portas e Durão Barroso, a mesma PJ e ministério público decidem precisamente prender uma importante figura do Partido Socialista, com quem os actuais dirigentes do PS mais se identificam politicamente.
Isto não sucede, obviamente, por acaso e segue-se a anteriores operações de assassinato político contra altos dirigentes do PS, como foi o caso de Ferro Rodrigues e, mais recentemente, com a aplicação de pesada pena de prisão a Armando Vara.
O PCTP/MRPP considera que a actuação da Polícia Judiciária, do ministério público e da polícia política (as secretas SIRP e CIS, que são quem, em boa verdade e na sombra mandam de forma incontrolável) é apenas orientada para atingir e perseguir os partidos de esquerda e consolidar o poder do actual governo e coligação de traição nacional PSD/CDS, impondo-se, por isso, a adopção de medidas urgentes e radicais em matéria de composição dos Conselhos Superiores da Magistratura e do Ministério Público e das polícias políticas para travar o golpe de estado em curso.
Por último, o PCTP/MRPP não pode deixar de denunciar o facto de o presidente da República estar a colaborar objectivamente com aquele plano, pois fecha os olhos e deixa passar uma situação que é, para todos os efeitos, de manifesto irregular funcionamento das instituições democráticas e de crise constitucional, e se recusa a usar dos seus poderes para dissolver a Assembleia da República e marcar logo as novas eleições legislativas, que dê uma nova oportunidade à democracia constitucional.
 Lisboa, 22 de Novembro de 2014
A Comissão de Imprensa
do PCTP/MRPP

Quando li este comunicado do MRPP no blog Blasfémias julguei que era uma brincadeira, mas não é. É mesmo a sério. 
Isto que aqui vem escrito só pode surgir da mente de alguém que perdeu as estribeiras do bom senso, para dizer o menos. Será Garcia Pereira que trabalha por conta do governo da Madeira em casos contados? Será?! Nem acredito.

21 comentários:

Floribundus disse...

ao ler essa coisa pensei que estavam a brincar.
afinal era a sério

dos muitos advogados amigos não vi nenhum dar a cara

apareceu aquela ave para fingir que era pobre,

suspeito que estarão por trás da cortina

depois da cância espero a vez do amigo virgílio

apareceu um leia-leca que disseram sofrer de bronquite asnática
penso que falta uma 'perna' no n

até o adão deu uma de valente

zazie disse...

Há-os internados por menos.

Unknown disse...

Não havia um grupelho que nas primeiras horas depois do 25 da Silva emitiu comunicado a alertar para os chacais e as hienas, no mais cerrado imaginário maoista? Acho que andavam mais perto da verdade do que estes...
São uns excêntricos.

Miguel D

foca disse...

Até ver o Garcia Pereira a jurar pela saúde do barco à vela não acredito.

Floribundus disse...

parece que no caso do 'animal feroz'

o Supremo Arquitecto do Universo

foi substituído pelo testemunho de um tal de jeová

Floribundus disse...


«Temos na sociedade portuguesa um exercício de poder da parte das magistraturas com muita arrogância e que questiona os alicerces do Estado democrático.»

«Ninguém em Portugal pode considerar-se inocente e estar livre de um dia ser condenado. É chocante e é essa a realidade do País em que vivemos.»

«Há uma coligação perversa entre péssimas investigações e mau jornalismo.»

«Devemos questionar tudo sobre a justiça em Portugal.»

Pedro Adão e Silva (SIC Notícias, 22 de Novembro)

josé disse...

"Pedro Adão e Silva (SIC Notícias, 22 de Novembro)"

Tirando o caso bpn não conhece mais crimes, em Portugal.

Este mentecapto é assim.

joserui disse...

Hehehe… isto é uma espécie de cereja em cima da poia que tem sido ler sobre o caso. Os socialistas e a esquerda que pelos vistos vai até à extrema-esquerda, andam consternados… a mentalidade é que "o indivíduo é um grande gatuno, mas é o nosso gatuno". Eu sempre disse que um CV como o do trafulha dava muito trabalho e os colaboradores devem andar entre a consternação e o medo de serem os próximos… -- JRF

joserui disse...

Dito isto, tenho uma pergunta: O que mudou? Que vivemos num país de corruptos é mais que sabido há décadas. Que este trafulha Sócrates era o maior deles todos ou que o BES era o banco mais português de Portugal, toda a gente sabia. Que no caso submarinos se encontraram corruptores na Alemanha sem os correspondentes corrompidos em Portugal, toda a gente sabe. Que se andaram a construir auto-estradas paralelas, o aeroporto de Beja, barragens para os amigos da EDP (que por sua vez são amigos da PT), toda a gente viu o país a ser drenado… O que mudou agora José? -- JRF

joserui disse...

De qualquer modo, isto vai saber sempre a pouco e ao contrário do que dizem os amigos do MRPP, infelizmente não é nenhum golpe de estado que varra de vez esta escumalhada… -- JRF

José Domingos disse...

Faltam muitos, para entrarem nos calabouços.
Agora que isto nos envergonha, eu acho que sim. Honra a Pátria que a Pátria vos contempla.

Choldra disse...

O Adão e Silva é mais outra viúva do entalado. Faça o luto e desapareça . Hoje ,este "pôdre de chic"' dizia o oposto do que dissera na semana passada sobre o processo dos vistos dourados. Ainda há quem ouça os zurros deste mentecapto?

zazie disse...

Diz que o Proença de Carvalho defendo o motorista.

Se fosse preciso até defendia o amante preferido

":O)))))))

S.T. disse...


O Pinto Monteiro está na RTP1 a falar de almoçaradas...

S.T. disse...


...e outros assuntos.

JC disse...

Pois está... e a defender o trafulha... para ele, o almoço nesta altura foi mera coincidência e diz que almoça com quem quiser. E que o Freeport diz que foi uma fraude.
É assim que se pagam os favores...

lusitânea disse...

O Sócrates tem que também ajudar cantando a internacional...

Choldra disse...

Imagina-se onde o motorista Perna terá ido buscar o dinheiro para pagar os serviços daquele sombra. Deve ter feito muitas horas extraordinárias ,a correr de Lisboa para Paris.

Vivendi disse...

O mesmo Garcia Pereira já foi advogado do Paulo Portas.

A malta abrileira é como a pescada que acaba com o rabo na boca...

muja disse...

Ora, e isto é diferente em quê do que escreviam estes e outros que entretanto se recauchutaram, há quarenta anos atrás?

Esta foi a demência que se apoderou da nossa terra.

Ao menos estes nunca mudaram o disco nem se disfarçam.

Ao contrário da esmagadora maioria da inteligentsia que é a mesma merda, mas aprendeu a disfarçar.

É a nossa tragédia e não sairemos da cepa torta enquanto assim fôr.

josé disse...

"Esta foi a demência que se apoderou da nossa terra.

Ao menos estes nunca mudaram o disco nem se disfarçam.

Ao contrário da esmagadora maioria da inteligentsia que é a mesma merda, mas aprendeu a disfarçar."

Exactamente.