Páginas

terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Uma violação de segredo gravíssima...

 

O advogado Pedro Delille, segundo parece advogado do recluso 44 ( já são dois...) indignou-se com ums monstruosa violação de segredo de justiça que consistia numa decisão jurisdicional acerca do acesso amplo ou restrito ao processo. Só isto. Parece que o Público relatou que "o juiz não autorizaria o acesso total ao processo".

O advogado Delille que foi colega do advogado de Perna, numa comissão de avaliação na Ordem dos Advogados, ficou indignado como a notícia do Público porque..."os jornalistas souberam antes dos advogados".  E vai daí, saiu uma denúncia por violação de tal segredo importantíssimo não só para o desenrolar do processo como até para a honra dos visados. E tal violação de gravidade suprema já tem suspeitos, segundo o causídico: "só pode ter sido pelo tribunal ou pelo ministério público".

Espera-se agora que o inquérito abranja outras situações de violação de segredo de justiça, pelos próprios advogados, mormente pelo colega de Delille que se fartou de falar de factos que provavelmente estão a coberto do dito. Isso para além da violação do dever de reserva que impende sobre os advogados. Até mesmo de divulgarem o que Delille acaba de divulgar...
Se entretanto a vergonha chegar, espera-se que se retractem, mesmo sem retrato.


5 comentários:

Bic Laranja disse...

Que se retractem, em boa verdade.
(A imprensa é cada vez mais um inferno...)
Ano bom!

josé disse...

Exacto. Vou corrigir o retrato.

Bic Laranja disse...

Grato! :)

Floribundus disse...

estes socialistas viajam numa
JANGADA DE PEDRA

BELIAL disse...

Bela pandilha!

Sá falta a REWARD e o DEAD or ALIVE...