Páginas

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

A lata do advogado Araújo...


O advogado Araújo dispõe hoje no i de uma tirada de senso comum à sua maneira: afirma que algumas notícias que têm saído no Correio da Manhã são...pagas.

"Tenho informação vária de que estas fugas de informação são negociadas por quem as dá. Este sistema de monopólio de informação é comercialmente vantajoso para um jornal e presumo, por isso, que há aqui muita corrupção envolvida". (...) "Claro, suponho que há pagamentos. Ninguém faz fretes a ninguém se não for por dinheiro, dinheirinho."

João Araújo, tal como os peixinhos do mar, vai morrendo pelas bocas. Se aplicasse o mesmo critério de raciocínio ao que já se sabe sobre o recluso 44 que lhe passou procuração, há muito que devia ter devolvido tal instrumento de representação. Isso se tivesse um pingo de vergonha, porque neste caso o dinheiro conta-se aos milhões. Muitos milhões.
Ou então fazer como os advogados dos culpados: tentar reduzir a pena ao mínimo...não fazendo dos outros parvos.

18 comentários:

Floribundus disse...

'peixinhos do mar' foi uma canção famosa em 59 por ser cantada por um grupo de paneleiros num circulo fechado

está a desmentir o eng CSS

julgava que este jornal era do 'grupo lena'

além do costa do Malabar, agora temos o araújo

S.T. disse...


« Ninguém faz fretes a ninguém se não for por dinheiro, dinheirinho.»

lol !!!!

zazie disse...

ehehehehehe

Grande tosco.

BELIAL disse...

Dizeres de um indo-"lisboeta": asiatices para boi dormir...

CCz disse...

« Ninguém faz fretes a ninguém se não for por dinheiro, dinheirinho.»

Nem o Santos Silva escapa a essa regra?

:)

Streetwarrior disse...

epah...eu nem quero acreditar que este tipo (o advogado do 44 ) é tão estupido...mas tão estupido, ao ponto de dizer uma coisa destas.

« Ninguém faz fretes a ninguém se não for por dinheiro, dinheirinho.»

Então mas onde fica a moral de tudo o que ele tem desmentido acerca da acusação feita ao seu cliente?

Ao ler esta tirada...veio-me á imagem, o cartoon do artista em forma de caricatura com uma cabeça enorme, o braço esticado com a mão em destaque,dedo indicador em riste apontado em forma de acusação, com os outros 4 a apontar para ele .
ahahahah
Opah...não é possivel, este tipo não pode ser tão estupido assim... é que isto roça a infantilidade.

Nuno

Streetwarrior disse...

desculpem, será com os outros 3 dedos a apontar para ele prório e não 4

Apache disse...

Em assuntos de dinheirinhos ou de dinheirões, pelo convívio com o Sousa e com outros figurões, se cheira a corrupções, o Araújo é que sabe. O homem fala de cátedra.

Ricciardi disse...

José, isto tem a ver com futuro pedido de indemnização ao jornal. Constatar o beneficio económico do alegado frete noticioso.
.
Rb

josé disse...

Futuro pedido de indemnização baseado em quê?

E o povo português que pedido de indemnização deve fazer relativamente a quem o espoliou com PPP´s e vendas de património a pataco?
Pode dizer-se que já pediu e foi paga em eleições. Porém, neste caso, com os milhões a voar que foram ganhos dessa forma ainda há pedidos particularers a fazer...

Floribundus disse...

dizia-me háq mais de 60 anos um Preto Meu Amigo
'- se fores estrada fora er encontrares um monhé e uma cobra venenosa;
mata o monhé,
não trates mal a coitadas da da cobra'

muja disse...

ahahah!

josé disse...

Essa piada é muito antiga. Já a ouvia antes de 25 de Abril 74.

Carlos disse...

« Ninguém faz fretes a ninguém se não for por dinheiro, dinheirinho.»

Aqui está a confissão de quem, com autoridade, sabe do que fala. Penso eu de que!...

Ricciardi disse...

«Futuro pedido de indemnização baseado em quê?»
.
Penso que será isto que o advogado está a pensar:

[- Em noticias difamatórias, eventualmente falsas, obtidas por meios ilícitos (corrupção e dinheiro a agentes do MP em matérias em segredo de justiça) com largos beneficios económicos que se podem medir pelas vendas para obter o nível de indeminização. Ainda que se prove que o 44 é culpado de facto, da difamação e da corrupção activa para obter noticias em segredo de justiça não se devem livrar. ]
.
Às vezes os jornais jogam com probabilidades e retorno financeiro para decidir colocar uma noticia eventualmente difamatória e ainda não provada. Se percepcionarem bom proveito comercial e baixo risco de indeminização seguem em frente com a noticia. Se percepcionarem elevado risco e proveito moderado têm mais cuidado em publicar as noticias.
.
Rb

zazie disse...

Há gente estúpida e outra que abusa.

Jornalistas a comprarem notícias ao MP...

josé disse...

O Rui Pereira que é professor de direito penal processual já disse que não há crime de violação de segredo de justiça neste caso porque não foi violado nenhum bem jurídico.

Tão simples como isso.

josé disse...

Quem se arrisca a pagar aos jornalistas, no entanto, e precisamente por causa daquele raciocinio acerca dos proveitos versus prejuízos, é...o advogado Araújo. Para ter maior cuidado com o que diz.