Páginas

domingo, 12 de julho de 2015

A Filosofia dá que pensar...

Já por aqui disse que não tenho estudos suficientes para falar de filosofia e por isso não me aventuro pelo desconhecido, sem mais.  Mas leio coisas por outros lados, no caso duas revistas francesas desta semana que me dão que pensar...para que serve a filosofia.

Numa delas, em formato de jornal desdobrável, Le Un, que já vai no 64º número e é uma pequena maravilha semanal, a edição de 8 de Julho trata a "filosofia política", contendo nas páginas centrais, desdobráveis em "broadsheet", uma entrevista com o actual ministro da Economia francês, Emmanuel Macron. Este, antes de ser ministro foi estudante de filosofia e aluno na ENA, a alta escola de administração francesa e que nós não temos em Portugal coisa que se lhe compare. Fala de Paul Ricoeur e como aprendeu com ele a empenhar-se na política por este lhe ensinar que " a exigência do quotidiano é de aceitar o gesto imperfeito".

Outro citado é Régis Debray, antigo companheiro de armas de Che Guevara e que acaba por dizer que " a melhor filosofia é não ter nenhuma"...


Como habitualmente o desenhador da revista-jornal faz um apanhado do assunto em alguns desenhos.


Na Sexta-Feira, ao folhear a edição desta semana da OBS notei num nome e numa entrevista: Jean Salem, professor de filosofia antiga na Sorbonne, nascido em 1952. Diz na entrevista este professor de filosofia antiga que tem livros escritos sobre Demócrito, Epicuro e outros que " continua um defensor convicto do ideal comunista". Até defende o estalinismo...porque senão ninguém o defenderia.


Depois disto é forçoso concluir que a filosofia não é garantia alguma contra o totalitarismo pois há quem tivesse estudado filosofia antiga para concluir afinal que o melhor pensamento ainda foi o de Estaline e próceres do comunismo, como Marx e Lenine.
Como também sabemos que houve pensadores importantes da filosofia que apoiaram o nazismo será caso para dizer que  a filosofia dá mesmo que pensar.
E se o pensamento filosófico não garante a felicidade neste mundo, por se atingir o nirvana do conhecimento, com aplicações para o bem geral da Humanidade, o estudo desse pensamento ainda menos. Talvez por isso o outro filósofo antigo tenha concluído que só sabia que nada sabia...o que já é saber alguma coisa, mas sem grande préstimo porque não confere grande vantagem sobre quem realmente nada sabe mas sem tal saber.
Ou será isto um sofisma e afinal vale a pena tentar saber?

13 comentários:

zazie disse...

A filosofia não protege da soberba. Até a pode estimular quando se idolatra a liberdade do espírito.

Lembrei-me disso a propósito das sátiras do Luciano de Samosata que não deixava escapar ninguém- nem os de barba.

zazie disse...

Os materialistas ateus não se recomendam e gostam muito dos pré-socráticos para os adulterar.

Não admira nada que ainda defendam o comunismo.

João José Horta Nobre disse...

"Jean Salem, professor de filosofia antiga na Sorbonne, nascido em 1952. Diz na entrevista este professor de filosofia antiga que tem livros escritos sobre Demócrito, Epicuro e outros que " continua um defensor convicto do ideal comunista". Até defende o estalinismo...porque senão ninguém o defenderia."

Esse tal Jean Salem é um doente mental. Há pessoas que para bem da comunidade deviam de ser interditadas e ele é uma dessas.

zazie disse...

Bem, isso de internar e com o mesmo argumento, fizeram eles

":O)))))

José disse...

V. percebe a intenção não percebe?

A ideia básica é mesmo essa: saber umas coisas de filosofia não protege ninguém de uma certa soberba. Pelo contrário, até a estimula...

zazie disse...

Exacto. E pensámos no mesmo...

Floribundus disse...

fiquei curado das sequelas depois de estudar um ano de filosofia no 7º ano do liceu

na antiguidade clássica houve gente muito aproveitável
hoje completamente desconhecida

agora por dificuldade de leitura já não os releio

depois só já me interessa Descartes
pelo facto de ser o único que era matemático

a matemática faz falta em todos os campos do saber

o fradinho checo, pai da genética, tirou importantes conclusões porque era prof de matemática na Universidade de Viena

os economistas vienenses eram todos bons em matemática

a 'geração de algodão em rama' que hoje finge estudar, disciplinas traumatizantes
vai se f.... com os 2fes do Boca do Inferno

a condição humana não muda devido à componente genética

Floribundus disse...

nova versão da filosofia grega

'quanto mais o Tripas se agacha
mais exibe o asshole com ostentação'

Ale manha
'e aos costumes disse NEIN'

Floribundus disse...

forceps vistae

era 'alles (tudo) manha'

Streetwarrior disse...

https://dosdoisladosdasgrades.wordpress.com/2015/06/13/o-labirinto-obscuro-do-espirito-da-corte/

AHAHAHAHAHAH
Ahahahah
Do melhor que se vai sabendo do 44

Floribundus disse...

hoje a esquerda devia cantar o hino

Stabat Mater dolorosa

josé disse...

Esrive a ver um debate na SIC-N ( Lourença a moderar) com Nuno Melo e o syriza Rui Tavares.

Foi um bailo do princípio ao fim que o Melo deu ao Tavares mas o tipo nunca se deu por achado.

Impressionante.

zazie disse...

Ah sim?

O Tavares é um cretinito que faz favor.