Páginas

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

O esquema PS é sempre o mesmo...mas os crédulos caem sempre na esparrela

Observador:

O ministro das Finanças, Mário Centeno, explicou entretanto que a subida do imposto sobre combustíveis serve para recuperar o nível da fiscalidade registado em Julho do ano passado, o que implica um acréscimo de quatro a cinco cêntimos nos imposto sobre a gasolina e o gasóleo. O impacto no preço final será superior, por causa do IVA, mas dependerá também do comportamento do custo dos produtos refinados sobre o qual incidem os impostos.

 Em 1977, à beira da primeira bancarrota, como é que Mário Soares (e Medina Carreira sabe muitíssimo bem que assim foi) resolviam o mesmíssimo problema da falta de dinheiro? 

Assim, em Agosto de 1977: ao socialismo que há, herdeiro de Mário Soares, tido como um dos grandes génios deste país, o que importa verdadeirament é ter o poder executivo de nomear pessoas. Isso é o mais importante. O resto logo se verá....e é assim há 40 anos. Estranho é que a maioria de quem vota ainda não tenha dado por isso.
Uma das medidas emblemáticas para fugir a "cortes" e reforçar a austeridade disfarçada é aumentar o preço dos combustíveis. Foi sempre assim, de há 40 anos a esta parte.
Depois disto, duas tretas a favor dos pobrezinhos e uma contra o fassismo e está a andar novamente a carroça socialista. Nestes 40 anos, uma boa parte dos militantes de topo do partido fizeram a sua vidinha, enriquecendo em Macau ou à sombra das benesses socialistas, mesmo em empresas privadas, com um exemplo máximo em Jorge Coelho que é mesmo o paradigma desta desgraça. À sombra de quase três bancarrotas orientaram a sua vidinha e a dos seus. O resto, os milhões que passam mal ou estão cada vez mais pobres, esses, até votam neles, porque acreditam piamente que são quem melhor os defende.

Diz o povo que à primeira quem quer cai; à segunda só mesmo quem quer e à terceira quem é tolo.

Teremos um povo de tolos que se deixam sempre enganar com papas e bolos?





2 comentários:

Floribundus disse...

o grande problema desta republiqueta é condenar o rectângulo à falência definitiva

para que continue a acontecer socialismo

contribuem os funcionários públicos
que beneficiam dos descontos do trabalho dos particulares

para cúmulo ainda os insultam

as habilidade do excel centeno
acabam em novo resgate por mais impostos que aumente

muja disse...

Votarão? Quantos votaram? A minoria da minoria?

It's democracy, stupid!